Work,Children & Samurai

E ai Pessoas! Espero que não tenham sentido tanta falta, afinal só passei 1 semana sem postar né? Mas eu tenho bons motivos para ter sumido e é com isso que vou encher a paciência de vocês hoje! (uhuuul D:)  Primeiramente queria agradecer pelos comentários dos posts anteriores, obrigada pela força gente! Prometo que quando fizer o cosplay posto uma foto bem bonita pra vocês verem! Agora que os devidos agradecimentos foram feitos posso importunar os digníssimos leitores. Bom eu andei sumida por vários motivos.(mentira acho que foram uns 3 só) O primeiro e menor deles foi o aniversário do meu irmão e o de uma amiga da faculdade na semana passada.  Isso quer dizer que ao invés de estar aqui online eu estava comendo bolo e pizza para não esquecer que sou gordinha e também passei a noite de sábado no covil das víboras , ou melhor dizendo no outback com o povo da faculdade. Eu gosto dos amiguinhos da faculdade mas geralmente quando saímos acaba virando um festival de falar mal dos outros, mas as vezes agente fala de cinema e a conversa fica boa.

O segundo motivo que me afastou do blog foi trabalho. Sim, como eu estava vagabundeando muito na greve o meu pai me arranjou um trabalho no consultório dele 3 vezes na semana para ganhar uma graninha. Por um lado é bom porque dá din din além de me permitir praticar um pouco de exame físico em pacientes e o lado ruim é o fato do consultório do meu pai ser pediátrico e isso significa crianças.Eu acho que nunca contei isso pra ninguém, a verdade é que eu morro de medo de criança! Todo mundo acha os bebês fofinhos, gordinhos e lindos mas eu juro que quando eles começam a chorar  eu travo toda! Todo mundo da minha família sabe que eu não levo jeito com criança, eu não sei pegar no colo, fazer brincadeira, nada disso, o problema é que essa minha falta de afinidade é péssima no âmbito profissional. Ninguém quer um pediatra que trava no meio da consulta e isso me preocupa para semestre que vem quando vou ter que fazer ambulatório pediátrico na faculdade, só que dessa vez sem meu pai pra ajudar na hora que eu congelo . Confesso para vocês leitores que eu fugi de uma consulta porque a criança já estava chorando desde o corredor, dei a desculpa que estava com fome e deixei meu pai sozinho. (sei que isso soa meio mal mas eu não ia conseguir, achei melhor sair mesmo) Mas apesar de tudo eu tenho gostado do trabalho e aos poucos estou perdendo o medo dos pequenos, o que é bom porque quem sabe até semestre que vem eu não consigo dar uma consulta direita. /espero Mas para os que chegaram até esse ponto do post e tão achando que eu quero ser pediatra digo que estão enganados amiguinhos. Eu quero mesmo fazer algo ligado a estética, dermatologia, cirurgia plastica, ou até fazer gastro aprender endoscopia e realizar uns procedimentos legais. Parece superficial querer fazer medicina voltada para beleza mas eu quero fazer as pessoas se sentirem felizes sabe? Não acho que devemos ser magérrimas ou cheias de botox , mas penso que se a medicina pode ajudar as pessoas a ficarem mais felizes com a aparência delas é isso ai. Eu e minha mãe somos gordinhas e baixinhas, e todo mundo sabe que as pessoas adoram implicar com quem é gordinho, baixinho ainda nem se fala! Então eu sei mais ou menos o que é se sentir insatisfeito com a aparência, não só da minha parte mas da parte da minha mãe principalmente, não é de hoje que eu já a vi tentar mil e uma formas de emagrecer, visitando todo tipo de médico, eu sei o quanto não conseguir emagrecer importuna ela e o meu pai não deixa ela fazer cirurgia então não tem muito jeito. Acho que eu quero fazer algo com estética por essas pessoas sabe? Pessoas como a minha mãe que são tudo de bom no mundo mas que são infelizes com a aparência delas, acho que se seguindo esse ramo eu puder deixar as pessoas felizes então pra mim tá ótimo.

O meu pai já sabe que eu não dou pra pediatra e acho que já se conformou com isso, eu tinha muito receio de dizer que não queria seguir o ramo dele e ele ficar desapontado mas felizmente ele parece estar me apoiando bastante em fazer uma especialidade voltada pra ~beleza~.

O ultimo motivo que me fez demorar para postar foi um bem bobo, eu fui assistir um anime novo! Mas como só assisto de noite ai não dá pra postar. Não sei se vocês ouviram falar de Samurai 7 O anime é uma adaptação do filme 7 samurais do Akira Kurosawa, tem umas diferenças porque é anime mas mesmo assim é muito bom! Eu estava doida para ver um anime de samurai mas não tava com saco pra encarar gintama inteiro primeiro porque é muito grande e segundo porque é mais um anime de comédia/paródia. Foi então que procurando informações de um mangá que eu queria ler eu cai na pagina do Chuva de Nanquim e lá tinha um post de animes de samurai, eu ja tinha visto quase todos menos samurai 7 e shigurui, mas como eu ja tinha contato com o mangá de shigurui eu não tive muita vontade de ver o anime e ai peguei o outro para ver e valeu muito a pena! Se alguém aqui se interessar em assistir qualquer um dos dois eu tenho avisos importantes para dar. Primeiro se você tem estomago fraco afaste-se de shigurui o mangá é um dos mais violentos que tem e o anime não fica muito longe, eu que vejo entranhas no daily basis fiquei meio chocada com as cenas de harakiri e os intestinos logo nas primeiras paginas. Quanto a samurai 7 não espere um anime engraçado, ele tem suas cenas felizes mas não tem muita piada não, ele não é muito violento e dá pra encarar os 26 episódios numa boa. Porém deixo vocês com o aviso que me deram não se apegue a ninguém no anime! Não desconsiderem esse aviso, eu fui ver numa boa e até a metade eu só gostava mais ou menos de 1 personagem, mas depois do meio eu já gostava de uns 4 personagens e ai lascou-se porque no final algumas coisas tristes vão acontecendo. Se você é desses de chorar recomendo uns lenços mas se for que nem eu, digo que seu coração vai apertar as vezes mas você vai conseguir sair com no máximo os olhos lacrimejando. Anyway, samurai 7 pra quem curti algo menos bobinho e com lutas de espada é essencial.

Vou indo pessoal! Obrigada por ler 😀

Projeto secreto,lentes novas e cosplay

E ai leitores amiguinhos, voltei! Postei duas vezes semana passada e voltei hoje para a infelicidade de vocês. Em primeiro lugar queria agradecer aos comentários, gente vocês não sabem a alegria que dá quando vejo que alguém leu o que escrevi! Eu também queria dizer que demorei um pouco pra voltar pois estava trabalhando em um projeto secreto , que nem é tão secreto para alguns (os que tem que saber sobre o que se trata já sabem e os que ainda não, esperem porque se der tudo certo vocês, amiguinhos, serão os primeiros a saber) Anyway a minha semana foi normal já que as aulas do meu irmão começaram de novo, mas confesso que desde sábado passado ando em uma maré de azar com fones de ouvido. Sério gente, eu tinha comprado um novinho que partiu no sábado, ai comprei outro que tá estalando já e pra piorar os meus fones da apple do meu celular pararam de funcionar ontem a noite! Estou em desespero, fazendo remendo nos que tão com mal contato até achar tempo pra comprar um novo e dessa vez eu só compro em loja que der nota fiscal e possibilitar troca com pelo menos 1 semana. Mas confesso que teve algo bom nessa semana, as minhas lentes de contato coloridas chegaram! Gente eu sou cega que nem uma toupeira, sem óculos mas infelizmente eu fico com muita cara de cdf quando uso os ditos cujos, então, há um certo tempo eu uso lentes de contato. Como já estou bem acostumada com elas a minha mãe me deu a ideia maluca de comprar lentes coloridas, nós fomos antes de viajar a uma loja e eu provei um monte de cores e acabei ficando com a cinza. Sei que isso não interessa muito a vocês mas estou feliz com meus olhos novos, apesar de meus amiguinhos da faculdade ficarem zoando dizendo que isso é coisa de cosplay… É como dizem por aí, haters gonna hate, eu não gosto de usar óculos elas gostam porque é ~hipster~ então cada um com seu cada um.

Aproveitando a deixa do tópico cosplay, (há! eu não dou ponto sem nó nos posts, queridos!) há cerca de 1 mês e um pouquinho eu entrei na academia para ver se perdia um pouco da minha fofura (não espalhem essa informação ein! eu não contei pra nenhum dos meus amigos e só a minha família sabe!) e atualmente estou no rumo para menos 5kg até setembro, se o aniversário do meu irmão no meio do mês não me engordar muito, mas aí vocês perguntam o que isso tem com cosplay? Bom a história é a seguinte, faz muito tempo que eu fiz uma promessa pra mim mesma que se eu perdesse 15kg eu ia juntar dinheiro por um ano e fazer um cosplay bem legal. Bom amiguinhos, eu tenho 20 anos e até o meu sonho de 15kg a menos se realizar devo estar beirando os 22, e por causa disso vou estar, na concepção do meu pai, muito velha pra fazer cosplay. De qualquer forma se eu conseguir essa meta eu já decidi que personagem quero fazer. eu escolhi a Erza de Fairy Tail com o uniforme normal dela já que não tenho beldade nem busto o suficiente para as outras vestimentas dela. Um dos motivos da minha escolha é o cabelo, eu estou ruiva e eu sempre quis fazer cosplay sem peruca, utilizando meu próprio cabelo mesmo, acho mais bonito e natural. Mas o que pega é como eu disse antes vou estar “velhinha” quando esse momento chegar e nem sou bonita o suficiente para ser uma cosplay linda e maravilhosa, e ai vem um problema que eu tenho desde sempre com cosplay, as pessoas. Sim amiguinhos eu acho cosplay lindo e maravilhoso e eu babo por um faz muito tempo, o problema é que eu não tenho confiança o suficiente para dar minha cara a tapa pros outros quem nem certos cosplayers que sabem que não estão dentro do padrão de beleza da sociedade e mesmo assim encaram, vestem a fantasia e depois ainda aguentam os comentários maldosos das pessoas quando a foto deles é postada no facebook em pagina de cosplay. Sério gente, acho uma profunda falta de respeito o que as pessoas fazem no facebook, quando tem evento e os perfis de anime postam a foto dos cosplayers e os membros ficam denegrindo a imagem da pessoa. Foi essa semana mesmo que no grupo do facebook do Alma Otaku foram postadas algumas fotos de um evento em Recife, até ai tudo beleza, o problema que me deixa sem coragem de fazer cosplay foram os comentários das pessoas. Teve gente falando mal dos pobres cosplayers de todas as formas, com os classicos “ai como ela é gorda” até comentários que beiram o racismo como esse aqui tirado do grupo mesmo ” esse Renji da Paraiba”  que foi feito só porque o menino tinha pele morena.  Gente eu tenho noção que existe muita gente que faz cosplay lixinho, mas acho que ficar falando mal de pessoas com cosplays decentes e que só são gordinhas ou tem uma pele de uma cor que não é a do personagem é muita safadeza. Se os outros são tão ruins, dê a sua cara a tapa faça um cosplay melhor! Bom de qualquer jeito até eu conseguir atingir minha meta vou ter muito tempo pra pensar num cosplay….

Eu realmente não tinha muita coisa pra falar nesse post então vou deixar vocês com uma foto das minhas lentes novas, ai vocês aproveitam e sabem como é a cara da pessoa que escreve isso aqui…

 

Desculpem a careta eu não sou nada fotogenica principalmente quando sou minha própria fotografa.

Bom pessoas fui! Obrigado por ler! 😀

Sobre comics e frescura

Pessoas olha só 2 dias e 2 posts! (nada de ficar mal acostumados porque eu não faço isso normalmente!) Na verdade eu só apareci porque eu queria falar de umas coisinhas que andei vendo e geralmente quando eu protelo postar eu esqueço tudo que eu queria dizer antes. (mentira eu quero reclamar mesmo hoje) Antes de eu bombardear vocês com a meu blá blá blá eu queria agradecer as pessoas que acharam esse blog já e que comentaram. Obrigado amiguinhos :3!  Anyway se alguém quiser ser linkado e linkar de volta é só avisar. (Se é que hoje em dia ainda se linka amiguinhos, os blogs andam tão mudados…) Aproveitando a deixa vou aproveitar pra botar a boca no trombone sobre o primeiro assunto, os blogs. Eu me reinscrevi no onigiri e aproveitei pra passear pelos milhões de links de blog que tem lá pra ver quantos da velha guarda ainda estão firmes e fortes, além de descobrir que são poucos aqueles que se mantém blogando também me deparei com uma coisinha muito comum nos blogs novinhos, um negocio chamado meta. As pessoas falando que querem não sei e quantos seguidores e eu parei e pensei, jesus que é isso?! Na minha época agente tinha 20 comentários num post e uns 10 amigos que nos aturavam o suficiente pra ler o que escrevemos de cabo a rabo e  ficávamos felizes da vida. Vi gente querendo 1000 seguidores, no dia em que 1000 pessoas lerem o meu blog acho que posso me considerar fenômeno de internet. serio mesmo. Não que eu tenha nada contra as pessoas terem essas “metas” mas sei lá estampar isso logo de cara no blog… Pode ser a minha velhice falando mas eu acho estranho. (talvez ambicioso demais?) Bom anyway outra coisa que me perturba mas que não tem nada a ver com blogs é a necessidade das self-proclaimed otomes sempre se descreverem como tomboys, sabe aquele tipo que rola na lama e diz que não tem nojinho, nem frescura? Bom fica a dica, quer provar a falta de frescura? Use depilador elétrico, sério gente, eu aguento 4 horas de cirurgia com abdômen aberto, sangue e entranhas mas é só eu pegar aquele aparelho dos infernos pra fazer as pernas que eu fico suando frio. (sou fresca deal with it!) Mas sinceramente amiguinhos, acho que nenhuma menina é 100% tomboy, eu não rolava na lama e nem corria mas eu gostava de video game e zerei vários joguinhos de Pc quando era mais nova, confesso que isso não me impediu de brincar de barbie e de casinha ( mesmo que tais brincadeiras envolvessem muito dramas hospitalar e umas barbies ninjas contra os bonecos de ação do meu irmão mais novo)  ou de me vestir com as roupas da minha mãe. Posso, mais uma vez, estar sendo chata, mas acho que ser nedona não me impede de ser menininha as vezes. Eu posso entrar numa loja de comics e comprar bonecos de ação enquanto discuto uma teoria de como o Thanos vai conseguir a manopla do infinito no novo filme dos vingadores e ao mesmo tempo posso estar de sapatinho, maquiada e bem vestida. Acho que as meninas nerds tem que parar de querer se parecer demais com os meninos e aceitar que ser menininha e nerd é possível sim! (Que conste aqui que eu não suporto rosa,  eu tenho 3 video games, eu vou pra academia com blusas de anime/filmes, e curto um metal mas mesmo assim eu gosto de sapatos e roupinhas e meu carro tem um adesivo do Mario.) Acho que as meninas não precisam abandonar toda a feminilidade pra serem aceitas no mundo dos nerds/otakus. ( se algum garoto duvida da sua nerdisse e não te aceita como uma igual porque você tem seu lado menininha ele é um idiota. Ser mulher e geek é possível sem termos que nos tornar garotos completos)

Aproveitando a deixa dos comics lá de cima vou deixar aqui minha insatisfação com a empresa que publica os quadrinhos da Marvel no Brasil. A minha reclamação não tem nada a ver com qualidade nem preço mas com a falta de um comic. Querida Panini cadê Journey into Mystey?! Fala serio eu fui a São Paulo na geek.etc que todo mundo tava dizendo que era a meca dos quadrinho e nem lá em inglês eu achei, português então nem pensar. Mas ai fica a pergunta como a querida panini quer vender a saga Fear itself sem Journey into Mystery? Quem como eu leu a saga ano passado online sabe que esse quadrinho é essencial pra entender como o serpente, deus do medo, foi derrotado.( sem falar que vai ser importante pra everything burns, tie-in com mighty thor, em breve) E mesmo que não tivesse relevância pra uma mega saga, JIM é um quadrinho excelente! Muito bem inscrito e irreverente, acho inaceitável ele não ter publicação no Brasil e totalmente imperdoável que pessoas que trabalham em uma loja que se diz especializada em nerdisse nem saibam escrever o nome do quadrinho! Ta ai, botei minha revolta pra fora. Se alguém ai curti o loki e quadrinhos além de referencias a internet e cultura pop aconselho ler JIM.

Obrigado por aturarem esse post!

Returning from the Ashes

 Bom após 3 anos sem postagens ou blog me encontro aqui, no wordpress, fazendo mais um de muitos primeiros posts que escrevi na minha vida. Para os que não estão lembrando e que faziam parte do grupo de blogs das antigas eu sou MC a ex-dona de um dominiozinho (>_<) que era o tsu-dok.org, também conhecido como Tsumaranai Dokoka. Para os que sentiram falta eu tenho uma boa explicação para o sumiço sem aviso nem cerimonia, como alguns sabem eu sou estudante de medicina há um tempinho e na época que entrei na faculdade larguei os blogs, não porque perdi o interesse mas sim devido a mil e um problemas. Um deles o fato de que no primeiro semestre quase reprovei bioquimica e fiquei meio arrasada. Eu sempre fui uma aluna de mediana pra boa mas quando entrei na faculdade percebi que ou estudava feito uma condenada ou estava fadada a ser a amiga burrinha, o estigma ainda não passou, apesar de eu estar no quinto período, mas é o que ocorre quando você anda com as pessoas inteligentes e sem vida… Então devido a minha resolução de estudar até a morte  eu abandonei meu domínio e acabei não avisando ninguém. Espero que se alguém que me conhecia naquela época ler esse post que entenda que com todas as responsabilidades da faculdade manter um domínio bonito e bem cuidado, com os pagamentos em dia estava e ainda é impossível. Mas o que me leva a esse primeiro post não é o estudo mas sim a vontade que eu tive nesses 3 anos de voltar a blogar e fazer parte desse “universo” que eu tanto amava. Coloco a culpa do retorno também no Guto Strife que resolveu voltar aos blogs tem um tempo e me encorajou a tentar um retorno. Confesso que decidir uma plataforma pra postar foi uma experiencia menos que agradável., eu que sou acostumada a fazer layout e ficar com php aberto até as 3 da manha fiquei horrorizada com esse wordpress que NÃO ME DEIXA CUSTOMIZAR A PAGINA COM CÓDIGO! Infelizmente essa é a unica plataforma de postagem que me deixa escrever via aplicativo do iphone, o que facilita muuuito a minha vida.  (Juro que se tivesse tempo ia mendigar um hostee que suportasse essa droga de wordpress só pra poder trocar o layout) Reclamações a parte queria terminar esse post só pra dizer que é isso ai estou de volta , pros que me conhecem estejam preparados pra aturar meu estilo de postagem e para aqueles que são novos sejam bem vindos e felizes. ( se é que dá pra ser feliz com o blog dos outros…)